quinta-feira, 16 de setembro de 2010

True Blood - terceira temporada

A terceira temporada da série chegou ao fim no último domingo e vai deixar muitas saudades! E uma sensação terrível de só ter mais 12 míseros capítulos daqui a 9 meses, a partir de junho de 2011! Francamente. Com todos esses números de audência, bem que poderiam diminuir o espaço entre uma temporada e outra não??
Bom vamos ao que foi essa temporada:

***** Spoilers********

Bill - desapareceu e pela primeira vez em muito tempo deixou de ser bege para ser um vampirão malvado. Malvado até demais. Não entendi porque tanto ódio da Lorena, tantas agressões e uma cena memorável de um estupro e torção da cabeça da pobre em 180 graus, e ela ainda falou: oh Bill, I so love you... Enfim, um horror. E eu achava a guria bem mais bonita que a Sookie, então acho que foi um desperdício maltratá-la tanto. No fim ainda tentou matar o Eric mas acabou sendo desmascarado por um Eric todo cheio de cimento que falou com todas as letras por que ele estava com a Sookie (Sophie Anne o contratou

Sookie - está muito tonta para meu gosto e só ganhou uns pontinhos no último episódio quando:
1-Salvou o Eric. (Pelo amor! Só faltava deixar ele morrer!)
2-Salvou o Russel. (Quantos ótimos personagens ainda iremos perder?? Ainda bem que esse ficou...)
3-Jogou os restos do Talbot no ralo e ainda deu uma risada maléfica no fim. Adorei a guria. Foi minha heroína, depois de muitos episódios em que ela fuçava onde não devia, se metia a besta, arrumava encrenca depois se esgoelava e alguém tinha que aparecer para salvá-la. Afff. Mas a Anna Paquin é muito simpática e ótima atriz, então gostamos da Sookie mesmo quando queremos enforcá-la.
O fim da temporada colocou uma pedra no relacionamento Sookie-Bill pelo menos por enquanto, até o ódio passar depois das declarações do Eric...

Eric -  está aparecendo mais, o que já vale assistir True Blood sem precisar ter mais nenhum outro motivo. Começou procurando pelo Bill, passou a temporada falando em lobisomens nazistas vikings (que sinceramente não entendi nada), salvou a Pam de morrer nas mãos do magistrado por causa da venda de V, colocou a rainha numa gaiola (!), matou o Talbot (ahhh, essa a gente só perdoou por que perdoamos tudo que vc faz, Eric...), tascou um beijo na Sookie e no gran finale falou que o amado dela só estava atrás dela a mando da rainha e contratou os dois da primeira temporada para bater nela e ela poder beber o sangue dele (e ela ficar assim gostando dele). Enfim, ele é o melhor da série.

Russel - nota 10 pois deu a todos nós a melhor cena que já foi ao ar em uma história de vampiros. Team Russel, sem dúvida.



Pam - ótima! sarcástica, badass e fabulosa, trouxe as cenas mais engraçadas da temporada. Mais Pam na próxima, please!!

bláh bláh vampire emergency bláh

Uma pena a morte do Franklin Mott. Um psicopata total, cínico e louco de dar nó, era o único capaz de fazer a gente suportar as cenas com a Tara sem pegar o controle remoto e mudar de canal. Que pena que aquele idiota do Jason o matou. Mais um personagem ótimo que se vai...
Enquanto isso, o Sam, que era insuportável conseguiu se superar nessa temporada. Achou uma familia trapo, arrastou os episódios e agora, no meio do nada, virou um ladrão e assassino. O que já era chato agora ficou impossível de engolir.

A Tara cortou o cabelo, virou Maria Bethânia e partiu. Espero que para sempre. E para o além. Quem sabe ela não acha o estúdio de Glee e fica por lá??

Enfim, uma temporada confusa, estranha, tumultuada e com bilhões de tramas que ficaram pelo caminho (o que era aquele negócio de lobisomens trabalhando há milênios para o Russel - para quê mesmo??? fora isso, teve mais um monte de tramas curtas e pequenas aparições, teve Debbie Pelt, Lorena (acho que só eu gostava dela...), Talbot (que desperdício! amava os pitis dele quando quebravam as coisas na mansão!), símbolos tatuados (de novo: para quê mesmo?), Autoridades, Nan Flanagan, um irmão do Patric Swaize, Hoyt e Jéssica - que estava ótima! e outras muitas trilhas, tramas e pessoas que passaram por lá). Mas ainda assim, foi ótima. Pena que a temporada acabou com a Sookie entrando no filme Nosso Lar... meio que quebrou o clima do último capítulo...

Mas esperamos desesperados pela Season 4!!!

2 comentários:

Capitã Veloso disse...

Olha vou concordar com vc!Uma temporada bem ao estilo Ball de ser, porém com tramas demais e que no final, quando a gente espera que tudo se choque e deixe a dica pra próxima, isso não aconteceu. mto pelo contário. a impressão que eu tive foi que tiveram que terminar tudo nas coxas, deixando muitas partes a desejar... mas devo dar os parabéns ao grande e absoluto sucesso dessa temporada que se chama Russel Edington! Ele roubou a cena da Série! E pensar que é um personagem tão inexpressivo nos livros...

Adorei o post!

ecmetynoski disse...

achei que pegaram pesado demais nesta temporada...kkkkkkkk